Desvende os mitos e verdades sobre o fitness

images

Na hora de malhar é comum ficar com pequenas dúvidas sobre qual é a melhor forma de conseguir resultados com as atividades físicas.  Às vezes, o que é bom para o seu amigo pode não ser para você. Fazer exercícios sem indicação pode prejudicar o seu treinamento ao invés de aperfeiçoá-lo.  Independente se o seu objetivo é afinar a silhueta, eliminar as gordurinhas localizadas, perder peso ou ganhar músculos, é importante contar com a ajuda de um profissional para que você consiga alcançar um resultado satisfatório, respeitando seus limites e sem prejudicar a saúde.

De acordo com o clínico geral e fisiologista do exercício João Pinheiro (CRM-SP 74.184), o primeiro passo para quem deseja entrar numa academia é fazer uma avaliação física antes e durante a programação de atividades físicas. “Essa avaliação permite ao professor analisar dados e informações importante sobre o aluno. Com esses dados ele pode montar um programa de exercícios personalizado, de acordo com as necessidades do paciente, atendendo suas expectativas na academia”, afirma Pinheiro.

Uma boa avaliação física deve ser constituída de uma anamnese, teste de capacidade cardiorrespiratória, antropometria e análise da composição corporal; avaliação postural e avaliação neuromotora. “Esses exames avaliam a porcentagem de gordura ou de músculo, resistência cardiorrespiratória, flexibilidade do movimento, capacidade de um segmento do corpo em realizar e sustentar um movimento por um período longo de tempo, velocidade, avaliar o equilíbrio do paciente e analisar os desvios posturais”, explica o especialista.

Depois da avaliação física você está pronto para cair na malhação. Mas, é preciso ficar atento ao que é mito e verdade para evitar aquele ‘truque’ que seu amigo ouviu falar que funciona.

Abdominais exterminam a gordura na região?

Mito. O que ocorre é que esse exercício trabalha os músculos da região abdominal, fortalecendo e deixando-os definidos. Quem realmente dá conta de eliminar a gordura do corpo são os exercícios aeróbicos, como a corrida, caminhada, futebol e dança. “Os abdominais ajudam no processo de troca de gordura por massa magra, mas não reduzem a gordura da região”, diz Pinheiro.

Musculação emagrece?

Mito. Se o seu objetivo é emagrecer, o ideal é apostar em exercícios aeróbicos e treinos de resistência de força, que diminuem o percentual de gordura no tecido adiposo.

Você só emagrece se malhar cinco vezes por semana?

Verdade. Para obter um resultado satisfatório é importante praticar exercícios físicos ao longo da semana e intercalar dois dias para descanso. Lembrando que o volume e intensidade do treino devem variar conforme o objetivo do praticante.

A queima de calorias só começa a partir do 20º minuto de exercício?

Mito. Qualquer atividade física gasta calorias, porém, para emagrecer, este gasto precisa ser grande. “Se você corre por 10 minutos queimará a quantidade de calorias correspondentes ao tempo de exercício praticado”, conta o fisiologista.

Quanto mais suor, mais emagrecimento.

Mito. Vale ressaltar que o suor não é sinônimo de queima de gordura. “Se você pesar após a atividade física pode até notar uma alteração no ponteiro da balança, mas não significa que você emagreceu. Basta hidratar o corpo que logo o peso volta ao normal”. O ideal é que, quando for praticar atividade física, beba dois goles de água a cada 5 ou 10 minutos para evitar uma desidratação.

Músculos são mais pesados que a gordura.

Verdade. Os músculos de fato pesam mais que a gordura. “Algumas pessoas notam o ponteiro subir na balança mesmo quando investem na malhação, pois o peso corporal pode aumentar à medida que você treina e ganha massa muscular”, ressalta João Pinheiro.

Malhar em jejum emagrece.

Mito. Praticar exercícios sem estar bem alimentado faz com que se queime a massa muscular sem perder gordura. Além disso, você não tem forças e pode chegar até a desmaiar. “Antes de malhar é importante comer uma fonte de carboidrato leve como pão, suco ou uma fruta. E se alimente a cada duas horas para repor o que foi perdido durante o treino”, aconselha.

Sentir dor depois do exercício é sinal de que está funcionando.

Mito. É normal sentir dores após os primeiros dias de treino. Caso a dor continue, pode ser um sinal de que você está pegando muito pesado.

Quem malha precisa ingerir suplementos alimentares

Mito. Geralmente não há necessidade de ingerir suplementos alimentares. Em alguns casos, a pessoa até consegue repor o que foi perdido durante os exercícios físicos. Entretanto, para algumas pessoas que apostam em suplementos sem necessidade, corre-se o risco de ganhar alguns quilinhos.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Musculação, Reportagens. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s