Estomaphix: uma nova chance para quem ganha peso após cirurgia bariátrica

images (2)

O número de obesos aumenta no mundo a cada dia e a cirurgia bariátrica vem se tornando um importante aliado no tratamento de pacientes com obesidade mórbida. Além de perder grande quantidade de peso, homens e mulheres no mundo inteiro têm recuperado sua autoestima e ganhado os benefícios da melhora, ou mesmo cura, do diabetes, controle da pressão arterial, dos lipídeos sanguíneos, dos níveis de ácido úrico e alívio das dores articulares. No entanto, pelo menos metade desses pacientes volta a engordar no pós-operatório.

O fato é que a cirurgia bariátrica é um procedimento complexo, delicado, e impõe uma mudança fundamental nos hábitos alimentares dos indivíduos, o que nem sempre acontece. Portanto, é primordial que o paciente conheça muito bem o procedimento cirúrgico e quais os riscos e benefícios da cirurgia. “Só dessa forma, com orientações técnicas, acompanhamento psicológico e o apoio da família que o paciente pode passar por todas as fases do processo sem perder o foco no meio do caminho”, alerta o médico cirurgião geral e especialista em emagrecimento, Dr. Sérgio Barrichello (CRM-111.301).

Método revolucionário e menos agressivo

Um novo método, no entanto, promete dar uma segunda chance para quem já passou pelo processo de redução de estômago e voltou a ganhar peso: o Estomaphix. Criada nos Estados Unidos, a técnica é conduzida através de endoscopia. Após aplicação de anestesia, um aparelho flexível é introduzido pela boca do paciente até o neo-estômago e a junção entre o estômago e o intestino. O aparelho aspira e faz cerca de 20 grampeamentos nas paredes do estômago dilatado da pessoa, fazendo com que o órgão volte a ficar pequeno. “Com a aproximação tecidual, o espaço por onde a comida passa diminui e, com a redução do órgão, o paciente volta a ter a sensação de saciedade que tinha logo após a primeira operação”, conta o médico.

O paciente submetido ao método volta a ter uma dieta normal em 30 dias, inicialmente ingerindo alimentos líquidos e pastosos. Segundo Barrichello, o método também tem baixos índices de complicações e permite que os pacientes retornem quase que imediatamente a sua vida normal. Isso acontece porque é um método que não necessita de cortes. “Na maioria dos casos há ausência de qualquer tipo de cicatrização e dores posteriores. O paciente também não precisa ficar internado num hospital. Em poucas horas após a procedimento ele pode ir pra casa e, na maioria dos casos, trabalhar no dia seguinte”, explica.

Apesar de minimamente invasivo, alguns cuidados são necessário antes de decidir se submeter ou não ao Estomaphix. O Dr. Sérgio Barrichello dá algumas dicas:

Indicações: Se você está recuperando peso porque o seu estômago está ‘esticado’ nos últimos meses ou anos, desde a cirurgia bariátrica; ou se você nunca foi capaz de alcançar o peso desejado, apesar da cirurgia. “Não há exigência de peso mínimo, no entanto, uma consulta médica e uma simples endoscopia digestiva alta são necessárias para verificar se você é um candidato viável para este procedimento especializado”, adverte.

Após a cirurgia: Estomaphix é um procedimento ambulatorial, que permite aos pacientes voltarem para casa no mesmo dia. A maioria se sente bem o suficiente para voltar ao trabalho rapidamente. No entanto, a atividade física é limitada por um curto período. “Para maximizar o seu sucesso e ajudar o processo de cura, orientações nutricionais e acompanhamento regular com seu médico são uma exigência”, alerta.

Riscos: Como não existem incisões, não há formação de cicatrizes e o risco de infecção, hemorragia e outras complicações são reduzidas. Efeitos colaterais comuns incluem dor de garganta, um leve desconforto no pescoço ou no peito, e um certo ‘aperto’ no estômago nos primeiros dias. “Alguns pacientes podem tomar um analgésico para estes sintomas, mas na maioria das vezes dá para conviver confortavelmente com eles”, diz o cirurgião.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens, Saúde. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Estomaphix: uma nova chance para quem ganha peso após cirurgia bariátrica

  1. Claudia Elaine PIres de Camargo disse:

    Onde eu consigo fazer esse procedimento.

  2. Patricia Queiroz disse:

    Quanto custa e onde faz ?

  3. claudia Leles Bertschi disse:

    Qual o preço e onde posso fazer este método ?

  4. cibele santinelli marquesoliveira disse:

    Guilherme, por gentileza, onde é feito este procedimento, faz tempo que procuro e não consigo encontrar.

  5. Daiana disse:

    Qual seria o valor desse procedimento é aonde vocês se localizam

  6. Pstricia disse:

    Boa noite! Fiz a cirurgia a 14 anos e nunca alcancei menos de 100quilos pós bariatrica. Operei com 143.90. Gostaria de saber como funciona esse método e se o plano cobre?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s