Programa potencializa resultado para a redução de medidas

images (1)

Ter gordura localizada não significa estar gorda ou acima do peso. Ao contrário do que muitos pensam, a pessoa que tem gordura localizada pode ter peso adequado para sua altura ou ter um IMC (índice de massa corporal) entre 20 e 24,9 e, apesar disso, ter maior quantidade de gordura em determinados locais do corpo. Isso acontece principalmente por predisposição genética e em função de maus hábitos alimentares e sedentarismo.

A fisioterapeuta Mariana Moraes explica que para ter o corpo em forma não existe mágica. A melhor maneira é combinar uma dieta balanceada com exercícios físicos. “Só que, quando o problema é gordura localizada, os cuidados com alimentação ou exercícios físicos podem não ser suficientes para solucionar o problema. Mas são, sem dúvida, importantes, no caso da pessoa optar por tratamentos estéticos, no auxílio e manutenção pós-procedimento”, comenta Mariana.

Ela alerta que a opção por tratamentos que combatem a gordura localizada não deve ser só por uma questão estética. Além da silhueta, a saúde também está em risco. Quando a gordura tende a se acumular no interior do abdômen, o que acontece principalmente nos homens, ela pode gerar riscos de doenças cardiovasculares, resistência à insulina, diabetes, hipertensão arterial e estar associada a alguns tipos de cânceres como o de mama, ovário e endométrico.

Um dos mais recentes aliados no combate à gordura localizada é o programa ‘Tripla Redução’, que utiliza manobras de massagens potentes e aparelho para melhorar a silhueta e favorecer a circulação. Segundo Mariana, ele é altamente eficaz contra a gordura localizada, principalmente nas regiões abdominais e quadris. Em uma única sessão são realizados três procedimentos distintos, acelerando o resultado do tratamento. ”É utilizado o Manthus, ultrassom que libera as gorduras na circulação linfática para serem eliminadas pelo suor ou pela urina, seguido da massagem modeladora para melhorar a circulação sanguínea. Por último, é feita uma bandagem com gel crioterápico, que aumenta o metabolismo e reduz medidas”, descreve.

Saiba como cada tratamento funciona na eliminação da gordura localizada:

Manthus: É uma técnica de ultrassom associada a um estímulo elétrico capaz de reduzir medidas e melhorar o aspecto de ondulação da pele. Essa associação faz com que a gordura saia de dentro da célula adiposa, caia na circulação sanguínea e seja eliminada pela urina e suor, através da eletroporação.

Entre os benefícios está a eliminação de gordura, ocasionando a perda considerável de medidas, ameniza a celulite e ainda é indicada na recuperação de cirurgias plásticas. “O ultrassom retira a gordura de dentro das células, que se transforma em partículas muito finas, caem na circulação linfática e o estímulo elétrico faz com que esta gordura saia do organismo com mais facilidade”, explica a especialista.

Massagem Modeladora Localizada: Ajuda a modelar a região alvo do tratamento e ajuda na eliminação das células de gordura quebradas pelo ultrassom. A técnica é caracterizada pelos movimentos vigorosos, fortes e precisos nas regiões com gordura localizada, como bumbum, coxas e abdômen. A realização manual da massagem permite que o terapeuta avalie cada região do corpo, verificando os locais de maior acúmulo de gordura, direcionando o tratamento, tornando-o mais eficaz e objetivo.

“Com as manobras manuais é possível melhorar a oxigenação dos tecidos e ajudar na quebra das moléculas de gordura. Dependendo da região que é tratada, com a massagem modeladora é possível reduzir de 3 a 8 centímetros das medidas”, garante a fisioterapeuta.

Embora os movimentos da massagem modeladora sejam realmente fortes, a técnica é totalmente indolor e não deixa o corpo com hematomas. A região com celulite é a mais sensível, mas depois de algumas sessões da massagem o incômodo inicial vai diminuindo gradativamente.

Crioterapia: ,A técnica consiste na aplicação em áreas localizadas, de um gel a base de cânfora e mentol. Esse composto provoca na região uma queda na temperatura. Com isso, o organismo utiliza os lipídios (gorduras) de reserva para recuperar seu equilíbrio térmico, e desta forma há redução de volume. “O gel, graças à evaporação dos componentes da formulação, acelera o metabolismo local forçando a queima de lipídios para manter a temperatura corporal. Este procedimento potencializa o resultado do tratamento, acelerando a perda de gordura na região trabalhada”, conta.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s