“Meu sonho com a seleção de handebol é chegar ao pódio nas Olimpíadas”, afirma Bárbara Arenhart

197194_332093_b1

Bárbara Arenhart, goleira da seleção feminina de handebol e jogadora do Hypo NO, da Áustria, vive um grande momento em sua carreira profissional. Na última temporada, a atleta foi eleita a melhor de seu time.

“Para mim foi um reconhecimento muito especial, depois de uma temporada muito feliz para nós do Hypo. Pessoalmente, ganhar um prêmio de melhor jogadora de uma equipe com ótimas atletas, e ainda com a Alexandra no time (eleita melhor do mundo), é uma honra sem medidas, e com certeza fiquei muito feliz por esse reconhecimento”, diz Bárbara.

Na próxima temporada, o Hypo disputará a Champions, e a atleta analisa quem será o adversário mais difícil da competição. “Mais uma vez nós caímos na chave mais difícil da Champions League. Penso que o Gyor será o adversário mais forte da fase de grupos, primeiro por ser o atual campeão da competição, e depois por estar composto por muitas das melhores jogadoras do mundo”, afirma a goleira.

Bárbara está no Brasil de férias e para a disputa de dois amistosos contra a seleção de Angola. No primeiro, o Brasil venceu por 37 a 29, e hoje, dia 25, acontece a segunda partida. Ela conta que esses jogos servem de preparação para as Olimpíadas.

“Acredito que estejamos em um processo de renovação muito importante para o nosso futuro. Estamos trabalhando duro para a integração das atletas mais jovens, e focando na melhoria do que já fizemos nas ultimas competições das quais participamos. Estamos fazendo muitos jogos amistosos, que também são importantes para o nosso desenvolvimento como equipe”.

Titular no gol da seleção, Bárbara será uma das herdeiras da posição de Chana, e comenta que chegar ao pódio nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 é o sonho dela. “O que a Chana fez pelo handebol brasileiro é digno de todo reconhecimento, respeito e admiração. Fico feliz por poder ter aprendido muito com ela.

“Meu objetivo é fazer a minha história no handebol, assim como ela fez e ainda faz. Quero olhar para trás no futuro e poder dizer que eu fui muito feliz no meu esporte, independente do sucesso que fiz, pois isso será apenas uma consequência. Com certeza, meu sonho com a seleção é chegar ao pódio nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016”, finaliza.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Handebol. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s