Técnica realça a cor dos olhos e melhora a expressão

images (1)

Olhos caídos, fundos, pequenos, grandes, afastados ou próximos demais, independente do estilo, com a micropigmentação é possível corrigir qualquer um desses defeitos. Com essa técnica, os olhos caídos tornam-se mais expressivos e os grandes ou rasos diminuem. “Nos olhos, a micropigmentação não é realizada na mucosa, como ocorre quando se utiliza o lápis de olho. O pigmento é feito na linha rente aos cílios superiores e inferiores, permitindo cílios mais volumosos e olhos contornados. O objetivo não é deixar aquela imagem de maquiagem carregada, e sim realçar a beleza”, destaca a micropigmentadora Vanessa Silveira.

A micropigmentação permite iluminar a região, realçar contornos naturais, ‘abrir’ ou ‘fechar’ o olhar, sempre buscando um resultado natural. E existem duas maneiras de fazer a micropigmentação do contorno dos olhos. A primeira segue exatamente a linha dos fios dos cílios e é indicada para destacar a linha natural do olho, quase imperceptível. Já a segunda consiste em fazer um traço superior mais espesso, podendo ou não ultrapassar o canto dos olhos. “Essa é a mais procurada pelas fãs do delineador e muitas delas optam por fazer um traço iluminador, em prata ou dourado, sobre a linha. Essa técnica deixa os olhos marcantes e um efeito muito bacana”, afirma a especialista.

Olhos de Boneca

Uma técnica mais recente também tem conquistado quem busca ter um olhar marcante por mais tempo. A técnica japonesa de permanente de cílios é feita com o uso de prótese de silicone, o que confere um efeito 3D, resultando em uma curvatura natural e alongada dos cílios. Segundo a micropigmentadora, a impressão é de olhos maiores, independentemente do comprimento e forma dos cílios. “A técnica é prática para o dia a dia e o efeito é melhor do que com o curvex. O permamente levanta o olhar”, garante.

Em apenas uma hora é possível modelar os cílios com curvas. A técnica é simples, rápida e não há contraindicação. Vanessa garante que é totalmente indolor, seguro e não causa alergia, pois o produto não entra em contato com a pele, a não ser a cola e o silicone. E quem desejar realçar ainda mais o olhar, pode até pintar os cílios para destacar mais o visual. “O efeito cosmético do permanente e da tintura enfatiza o olhar, com uma cor mais intensa, dando-lhes um formato arredondado e alongado com o permanente”, diz.

Micropigmentação é coisa séria

Existem muitos perigos que envolvem a pigmentação do contorno do olho. Por isso, é necessário buscar um profissional capacitado para realizar o procedimento. “Como a pele da pálpebra é fina e neste local existem muitos vasos sanguíneos, podem surgir problemas como migração ou expansão de pigmento. Somente um profissional habilitado tem condições de trabalhar de forma segura, garantindo um olhar bonito sem causar riscos à saúde”, alerta.

Contraindicações

Fique atenta! Quem apresentar os problemas relacionados abaixo não pode se submeter aos métodos utilizados na micropigmentação:

– Hipertensão arterial;

– Gota;

– Diabetes;

– Cardiopatias;

– Tumores cancerígenos;

– Epilepsia;

– AIDS;

– Alcoolismo;

– Hemofilia;

– Complicações psicossomáticas;

– Leucemia;

– Depressão ou ansiedade;

– Trombose;

– Pacientes que estão em tratamento;

– Pessoas que fizeram cirurgia plástica a menos de um ano.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s