Descubra os alimentos que parecem saudáveis, mas não são

beneficios-da-castanha-do-para-na-barra-de-cereal

Suco de frutas de caixinha, barrinhas de cereais, saladas elaboradas, pães com multigrãos ou sopas prontas. A maioria desses alimentos faz parte de uma refeição e pode estar entre os alimentos que compõem a sua dieta. Entretanto, você pode até acreditar que eles são saudáveis, mas na verdade estão no topo da lista de alimentos que só prejudicam a saúde.

Segundo o nutrólogo André Veinert, existem algumas armadilhas na alimentação que podem causar um efeito contrário do que o esperado. “Um erro muito comum é substituir o suco in natura pelo de caixinha, por exemplo. Além disso, existem outros alimentos que até tem um valor nutritivo, mas quando ele é consumido com outros acompanhamentos como uma salada de atum carregada de maionese, deixa de ser saudável e contribui para o ganho de peso”, explica Veinert.

Os alimentos light e diet, por exemplo, contêm menos açúcar e gordura, porém, geralmente possuem mais sódio para manter o sabor. “Os produtos que apresentam a informação ‘zero gordura’, por exemplo, não estão livres de calorias. A maioria pode conter o mesmo valor calórico que o original. Procure ler sempre as informações nutricionais para não cometer enganos”, afirma o nutrólogo.

Doce ilusão

Ketchup é igual a tomate? Refrigerante ou suco de caixinha? Essas trocas podem sabotar todo o seu esforço para perder peso, por isso, André Veinert esclarece porque alguns alimentos parecem saudáveis, mas na verdade não são:

1 – Ketchup: Como o ketchup é feito a partir de tomates, ele não faz mal a saúde, certo? Errado! Ele pode até parecer que é saudável, mas não é tão inofensivo assim, como muitas pessoas pensam. “Os ingredientes que são usados nas receitas de ketchup contém um nível de sal e açúcar altos para manter um sabor e aumentar o seu prazo de validade, ou seja, sal e açúcar. Em excesso eles não fazem bem à saúde”, revela o médico.

2 – Saladas com atum ou frango: A salada sempre foi uma opção saudável, principalmente para quem está de dieta. Mas o problema aparece quando essas saladas são muito elaboradas. “Algumas saladas como de atum ou frango contém muita maionese ou são preparadas com legumes em conserva, o que não é bom”, diz Veinert.

3 – Pães recheados de grãos: Algumas pessoas preferem optar pelos pães que contém multigrãos por acreditarem que é mais saudável por serem integrais. Entretanto, o nutrólogo explica que a maioria desses pães é preparada com grãos refinados, que perdem o seu valor nutricional. “Antes de você optar por um pão de grãos, não deixe de ler as informações nutricionais com atenção. Se notou que ele foi feito com uma farinha que é refinada, isso quer dizer que ele não é 100% integral”, conta.

4 – Barras de Cereais: As barrinhas são famosas por enganar a fome, porém, elas são calóricas e sua composição tem xarope de milho que é rico em frutose, açúcar e gordura saturada. “Existem até barras de cereais que são saudáveis, mas a maioria não é. Preste atenção na lista de ingredientes que estão na embalagem e escolha sempre as barras com maior teor de fibras, frutas, grãos integrais e menos gordura”, sugere o especialista.

5 – Suco de frutas: Tomar um suco de frutas faz muito bem à saúde, mas será que consumir só aquele suco de caixinha que fica na despensa por semanas tem os mesmos benefícios de um suco in natura? O nutrólogo diz que não. “A maioria desses sucos é rico em açúcar, tem muitos conservantes, corantes e nem todas as vitaminas que contém na fruta estão presentes no suco. Além disso, até os sucos ditos ‘naturais’, ‘com 100% de fruta’ estão na lista negra”, aponta.

6 – Sopas prontas: Famosas por sua praticidade, a sopa pronta é a opção de muitas pessoas. No prato até parece que você está fazendo uma refeição muito nutritiva. “Se o consumo dessas sopas prontas é frequente, a longo prazo esse alimento pode desencadear problemas sérios como doenças cardiovasculares e hipertensão”, alerta o médico.

7 – Chocolate diet: A ideia é que, como o chocolate é diet, ele tem menos açúcar e calorias. Só que não. “No caso do chocolate diet é retirado o açúcar, porém, a quantidade de gordura é bem maior do que no chocolate tradicional”, esclarece o nutrólogo.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s