Inchaço X Aumento de Peso: Saiba diferenciá-los

GANHO-DE-PESO

A sensação de pernas, barriga e mãos inchadas é algo que a maioria das pessoas já vivenciou. O culpado por este incômodo é a retenção de líquido e os maus hábitos do dia a dia. Em alguns casos, esse inchaço pode ser confundido com o aumento do peso. Por isso, não se assuste se você notar que ganhou dois quilos durante o dia, o motivo pode ser o inchaço.

Segundo o Dr. Fernando Bacalhau (CRM-SP: 116.809), cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC), o edema pode ter várias causas. “O inchaço pode estar associado à oscilação hormonal e alimentação desequilibrada. E também pode indicar problemas renais, cardíacos ou uma disfunção da tireoide”, afirma.

As mulheres que notam um aumento do peso da noite para o dia não precisam se preocupar. A retenção de líquido, principalmente, durante a menstruação, é a culpada por essa sensação de quilinhos a mais. “Durante o período menstrual, ocorre uma alteração nos níveis de estrogênio e progesterona. Quando estão em alta, eles tendem a reter líquidos e dificultar a eliminação”, diz o médico.

O edema só deve ser motivo de preocupação quando for provocado por outros fatores. “O inchaço pode ser controlado com a mudança de hábitos quando a retenção de líquido reflete apenas no desconforto corporal relacionado ao excesso de peso. O problema é quando ele está associado à insuficiência renal, que necessita de tratamento”, esclarece.

O cirurgião alerta que a mulher deve procurar ajuda quando o inchaço não for embora naturalmente e notar um edema nos tornozelos. “Nesse caso, o problema pode estar associado a alguma doença do rim, do fígado ou da tireoide”.

Como driblar o problema?

Mudando alguns hábitos é possível mandar o inchaço embora e garantir um corpo saudável. Confira as recomendações do Dr. Fernando Bacalhau:

Fuja do sal: Experimente substituir o sal por limão ou ervas para acompanhar a salada, por exemplo. Evite consumir condimentos como mostarda, ketchup e molhos prontos.

Mexa-se: Se você passa muito tempo sentada, levante-se a cada duas horas e dê uma volta. E quando puder, pratique caminhadas.

Faça exercícios físicos: Os exercícios estimulam a circulação e o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, evitando a formação de edemas.

Drenagem linfática: A massagem realizada de forma adequada, ajuda também o sistema linfático a eliminar líquidos e toxinas acumuladas.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s