Vacinação contra a gripe começa e estará disponível em todas as UBS da cidade

vacina_gripe_criancas_ml

Começa nesta semana a Campanha de Vacinação contra a Gripe que, neste ano, passa a contemplar crianças a partir de seis meses até menores de cinco anos de idade. No ano passado, o público infantil beneficiado foi o da faixa etária entre seis meses até dois anos.

A meta da Secretaria de Saúde é vacinar este ano aproximadamente 278 mil pessoas que integram os grupos prioritários estipulados pelo Ministério da Saúde. A Campanha se estende até o próximo dia 9 de maio e as doses podem ser encontradas em todas as UBS da cidade, que funcionam de segunda a sexta-feira, em sua maioria das 8h às 17h.

Além das crianças, deverão ser imunizadas contra a doença as pessoas com 60 anos ou mais; grávidas em qualquer período da gestação; puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto, mediante a apresentação de cartão da gestante, documento do hospital ou certidão de nascimento do filho); indígenas; portadores de doenças crônicas com prescrição ou receita médica; e população privada de liberdade. Os profissionais de saúde que prestam assistência a pacientes com infecções respiratórias serão vacinados no próprio local de trabalho.

A vacinação desses grupos prioritários, que ocorre anualmente, é fundamental para prevenir a gripe e suas complicações, além de apresentar um impacto indireto na diminuição das internações hospitalares, da mortalidade evitável e dos gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias. As complicações da infecção pelo vírus Influenza são mais comuns entre as pessoas de maior vulnerabilidade, as mesmas que são priorizadas todos os anos pela campanha.

Prevenção do câncer de boca

Durante a Vacinação contra a Gripe, a Secretaria de Saúde também desenvolverá a campanha de prevenção do câncer bucal, que mobilizará os cirurgiões dentistas das UBS. A previsão é efetuar o exame de inspeção para detecção desse tipo de câncer em cerca de 30 mil pessoas, especialmente idosos cuja incidência da doença é maior.

Os casos suspeitos serão encaminhados para os Centros de Especialidades Odontológicas do município, com agendamento de consulta. No ano passado, foram examinados 28.679 idosos. Destes, 883 foram encaminhados para uma segunda avaliação, 579 apresentaram lesões reversíveis e seis foram diagnosticados com a doença.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s