Vida de jornalista: tem horas que a mudança é necessária

jornalismo

Eis que o jornalismo mostra suas caras e cobra o seu preço. Depois de alguns anos de estudo e atuação no campo profissional, vitórias, derrotas, amizades, brigas, sorrisos, decepções, o corpo passa a acusar e a saúde já não é mais de aço.

Carlos Olavo, o jornalista que passou por desafios como redação de jornal diário, site de fofocas, revista, comentarista de televisão e agências de publicidade, agora se vê numa encruzilhada: doenças do corpo e da alma o atingem, e seu trabalho começa a ser afetado por isso.

Num dia comum ele pega seu veículo, sai para o trabalhar, chega ao destino e começa a colocar sua mente para funcionar. Só que uma tal de enxaqueca, aliada a gotas de depressão, tem tirado sua paz.

Criar e revisar textos pequenos, coisa que ele fazia em segundos, agora se tornou uma tarefa pesada, quase que uma guerra. Batalhador, ele segue em silêncio, tomando remédios atrás de remédios, sem conseguir revelar sua verdadeira sensação de morte a caminho para ninguém. Mas, se esse sentimento fosse revelado, quem se importaria, não é mesmo?

Olavo é um rapaz agitado, gosta de estar sempre em movimento, seja trabalhando, fazendo os deveres domésticos ou na academia, seu principal passatempo. Pois nem os treinamentos lhe dão mais prazer, e a enxaqueca continua lhe perseguindo. Ele reflete a todo momento, sabendo que o dia da sua ida para um plano não carnal está próximo, bem próximo.

Será que uma mudança de ares faria com que Carlos recuperasse a autoestima? O jornalista conseguirá um dia viver novamente sem sentir dor? É uma pergunta a qual ele persegue diariamente a resposta, entretanto, nunca chega a nenhuma conclusão.

 O sujeito já está velho para começar do zero, afinal, aos 32 anos, não é aconselhável tentar outra faculdade, mudar de cidade ou procurar novas maneiras de se distrair. E assim, Carlos segue sua vida com pensamentos estranhos, doloridos, tomando uma pilha de remédios e esperando a hora do seu descaso eterno, enfim, chegar.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Vida de Jornalista e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s