Adeus rosto apagado: micropigmentação deixa o rosto corado todos os dias

02

Algumas mulheres são tão vaidosas que a primeira coisa que fazem ao acordar é correr para frente do espelho e passar uma base, rímel, lápis e um batom para tirar aquela cara de sono. Uma novidade no Brasil que vem conquistando as mulheres é a micropigmentação do blush. A técnica pode ser feita em qualquer tipo de pele e não causa dor.

“A técnica é indicada para as mulheres que não abandonam a maquiagem e gostam de manter as maçãs do rosto pigmentada. A vantagem é que esse processo deixa a bochecha com uma tonalidade bem natural, disfarçando a palidez e dando um ar bronzeado”, afirma a micropigmentadora Vanessa Silveira.

Segundo a especialista, a micropigmentação consiste na aplicação de pigmentos na pele por meio de agulhas apropriadas e por um aparelho chamado dermógrafo. “Para dar o efeito o blush, os pigmentos são escolhidos de acordo com a tonalidade da pele da pessoa. É possível usar diversos tons de pigmentos para alcançar um resultado natural”, ressalta.

Para que a micropgimentação seja eficaz é importante respeitar o formato de rosto de cada indivíduo. A mulher que possui um rosto redondo deve apostar no blush direcionado para a boca.  “Para quem tem rosto fino, oval ou comprimido, a técnica deve ser feita em direção ao nariz para dar uma aparência de um rosto mais largo. E para os rostos quadrados e triangulares, a micropigmentação deve ser direcionada para a boca”, sugere Vanessa.

O resultado pode ser observado após uma semana, quando a face não está mais inchada e as maçãs do rosto estão pigmentadas. “Essa técnica também tem duração de dois anos, em média. Para preservar a tonalidade da pele, é importante tomar cuidado com o sol para evitar o desbotamento do pigmento”.

É possível refazer o processo após um período de dois anos. “Quem deseja prolongar o efeito da micropigmentação deve usar protetor solar diariamente e não frequentar a praia ou sauna durante o processo de cicatrização”, finaliza a especialista.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Saúde e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s