Artrose no joelho pode ser tratada com exercícios físicos

figua-principal

A artrose no joelho é uma doença muito séria que pode comprometer os movimentos e até mesmo impedir que a pessoa execute tarefas simples do dia a dia por conta da dor. Ela também é conhecida como osteoartrose ou ostetoartrite.

A doença tem se tornado cada vez mais comum. Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação e Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho, até em 2015, cerca de 12,3 milhões de pessoas irão apresentar dores e limitações provocadas pela artrose. O problema atinge em grande parte pessoas com mais de 50 anos e que apresentam desgaste na articulação.

De acordo com o fisioterapeuta Helder Montenegro, a doença não tem cura, porém, pode ser amenizada com fisioterapia e atividade física. “A artrose é uma doença degenerativa das articulações. Ela provoca um desgaste das cartilagens que cobrem as extremidades ósseas, causando dor e podendo até levar a deformidades”, explica.

As articulações mais acometidas são a coluna vertebral, os quadris e os joelhos. “Diversos são os fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da doença. A herança genética, obesidade, esforço físico, tabagismo e exercícios de impacto que são repetitivos, são alguns dos causadores”, afirma Montenegro.

Atividades físicas e a fisioterapia amenizam a dor

Os exercícios físicos são uma alternativa para controlar a dor da artrose no joelho. Entre os mais indicados para o fortalecimento dos músculos de membros inferiores estão: a caminhada, bicicleta e hidroginástica. Vale ressaltar que esses exercícios devem ser indicados por um fisioterapeuta. “Esse tipo de exercício pode ser feito diariamente. Na caminhada, por exemplo, pacientes que dão 1.500 passos em três dias da semana apresentam uma melhora significativa. A fisioterapia também tem um papel muito importante no tratamento da artrose para a recuperação do paciente”, diz o médico.

De acordo com Helder, dentro da fisioterapia é possível utilizar eletrotermoterapia, alongamento da musculatura do quadríceps e isquiotibiais, e manipulações osteopáticas podem ser necessárias durante o tratamento da artrose. “A finalidade é fortalecer os músculos e ajudar na movimentação de articulações rígidas. Contudo, a cirurgia só é indicada quando a dor não é controlada com exercício físico, medicamentos e fisioterapia”, finaliza Montenegro.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Saúde e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s