Descubra como controlar o colesterol sem o auxílio de medicamentos

colesterol-alto-na-gravidez

O colesterol alto é um problema de saúde que coloca em risco a vida de qualquer pessoa, pois ele contribui para o surgimento de doenças cardíacas como infarto, derrame cerebral e Mal de Alzheimer. Quem sofre com o problema precisa estar atento aos hábitos do dia a dia para que o colesterol não saia do controle.

Nos casos, em que o paciente não consegue seguir uma rotina saudável pode ser necessário faze o uso de medicamentos. “O que muitas pessoas ainda não sabem é que o colesterol pode ser controlado com a prática de exercícios físicos e uma alimentação saudável. Alguns alimentos são aliados da saúde e se forem consumidos corretamente podem substituir os remédios”, afirma o médico nutrólogo Dr.Fernando Bacalhau.

De acordo com o especialista, o colesterol é uma substância gordurosa encontrada em todas as células no nosso corpo, sendo indispensável para o bom funcionamento do organismo. “Ele é importante para a formação das células e também para a síntese de hormônios como estrogênio, cortisol e testosterona”.

Colesterol bom e ruim: qual é a diferença?

O colesterol é transportado pelo corpo pela lipoproteínas. Há dois tipos: Lipoproteína de alta-densidade (HDL) que direciona o colesterol das artérias para o fígado e assim é eliminada; e Lipoproteína de baixa-densidade (LDL), que é ruim para o coração.
Neste caso, o LDL leva o colesterol do fígado para os tecidos do corpo. Se houver uma sobrecarga de LDL o colesterol pode se acumular nas células das artérias.

“O colesterol tem praticamente duas origens: a primeira é a endógena, onde é produzido pelo nosso corpo; e a exógena, que é por meio do consumo de alimentos como leite e seus derivados, carne bovina, frutos do mar etc”, ressalta o nutrólogo.

Alimentos do bem

A prática regular de exercícios físicos e uma alimentação balanceada ajuda a manter os níveis de LDL e HDL equilibrados. Confira a lista que o Dr. Fernando preparou e acrescente no seu cardápio:

Peixes: Rico em ácido graxo e ômega 3, o peixe contém uma gordura boa para o organismo, principalmente os peixes de água fria, como salmão, truta e atum. “A gordura insaturada presente no peixe diminui os níveis de triglicérides e colesterol”.

Nozes e castanhas: As oleaginosas são ricas em antioxidantes que ajuda no combate do envelhecimento celular e de doenças coronárias. Consuma com moderação!

Alcachofra: Rica em fibras que são resistentes à ação de enzimas, por conta disso, o seu consumo reduz os níveis de colesterol, obesidade e diabetes.

Soja: O seu consumo ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL).

Açaí: É rico em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas. Essas gorduras favorecem a diminuição do colesterol ruim. O ideal é consumir o açaí sem adição de nutrientes calóricos.

Chá verde: É rico em flavonoides que funcionam como antioxidante e ajudam na prevenção de algum tipo de inflamação dos tecidos.

Procure acrescentar esses alimentos no seu cardápio no dia a dia para conseguir equilibrar o colesterol.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Saúde e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s