Respiração oral pode levar a danos irreversíveis na face

29826-650x350

Sabemos que a respiração é uma função vital e inata que permite a sobrevivência do ser humano. A respiração nasal é caracterizada como o modo fisiológico e adequado de respiração, sendo realizada quando há integridade do nosso corpo e funcionamento do nariz e garganta (via aérea superior) e brônquios e pulmões (via aérea inferior).

No entanto, se ocorre algum tipo de obstrução ou impedimento da via aérea superior pode gerar condições para o desencadeamento da respiração oral que, como consequência, pode provocar modificações importantes nas estruturas que compõem a nossa face e seu funcionamento, como distúrbio no crescimento dentofacial, postural, na sucção, na mastigação, na deglutição, na fala e na voz.

Segundo a fonoaudióloga e coach Patricia Antoniazi, a respiração oral é uma patologia frequente na infância, adolescência e fase adulta, possui etiologia multifatorial. Além disso, ela pode ser classificada como obstrutiva e não obstrutiva. “A respiração oral obstrutiva ocorre quando há impedimento mecânico à passagem de ar pelas vias aéreas superiores, enquanto a não obstrutiva ou viciosa está relacionada a hábitos orais prolongados, alterações musculares, edema transitório da mucosa nasal, obstrução reparada nas vias aéreas, entre outros fatores”, explica.

Face comprometida

Quando o indivíduo utiliza a respiração oral ele pode apresentar algumas alterações orofaciais. “Anteriorização da cabeça, face estreita e alongada, lábios abertos ou entreabertos e ressecados, lábio superior curto e hipofuncionante, lábio inferior com eversão e volumoso, língua hipotônica e rebaixada são algumas das modificações”, ressalta a especialista.

Além disso, o sujeito pode apresentar musculatura orofacial hipotônica, nariz achatado com narinas pequenas, protrusão dos dentes superiores e rotação do ângulo da mandíbula no sentido horário.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Saúde e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s