A conduta dos profissionais de RH durante uma entrevista de emprego te agrada?

entrevista_emprego

A crise econômica do país não para de crescer e, com isso, muitos brasileiros estão sentindo na pele as consequências desse problema. O desemprego tem aumentado a cada dia, e a tendência é que a situação piore ainda mais. Sendo assim, cada vaga divulgada pelas empresas gera um número enorme de candidatos.

Mas, será que os profissionais do RH, aqueles que executam todo o processo da entrevista estão realmente preparados para desempenhar essa ação? Essa pergunta tem fundamento, afinal, quem já não passou por cenas como essas: dinâmicas de grupo intermináveis, longos questionamentos sobre a vida pessoal, foco nas fraquezas do candidato, etc.

Segundo Daniela Lopes, analista de RH de uma grande empresa, a dinâmica de grupo é um item muito importante na hora da contratação. “As dinâmicas servem para avaliar o candidato com relação à forma como trabalha em equipe, postura, possível liderança e habilidades para resolver determinado tema”, diz.

Sobre as perguntas pessoais, Daniela afirma que elas servem para conhecer melhor o indivíduo que estará entrando para a companhia. “Esse tipo de conduta ajuda a entender se na vida pessoal o candidato é uma pessoa estagnada ou se corre atrás de melhorias, como por exemplo, se busca cursos de aperfeiçoamento ou se tem um bom relacionamento interpessoal. Com isso, teremos uma noção de como será esse profissional, pois carregamos muito da vida pessoal para a vida profissional”.

Para a analista, apontar os pontos fracos na hora da entrevista serve para avaliar se a pessoa fala a verdade. “É muito difícil falarmos dos nossos pontos fracos, então o entrevistador avalia se realmente o que o candidato disse é algo a ser melhorado, ou se a pessoa apenas escolheu aquela palavra para considerar como um ponto fraco. É como se fosse uma pegadinha para ver se o candidato entra em contradição. Mas, isso não tira pontos dele na hora da avaliação”.

Daniela conta que os casados não levam vantagem sobre os solteiros. “Antigamente havia uma cultura de que a pessoa casada tinha mais responsabilidade do que o solteiro, mas hoje em dia isso não existe mais”, finaliza a especialista.

Anúncios

Sobre Guilherme Derrico

Jornalista, músico e viciado em esportes. Sejam todos bem-vindos ao mundo de Derrico. Um abraço!
Esse post foi publicado em Reportagens e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s